Gal Costa revitaliza marcas do passado na ‘Pele do futuro’ em show em que afia a lâmina do tempo com a voz-mãe – G1

Gal Costa revitaliza marcas do passado na ‘Pele do futuro’ em show em que afia a lâmina do tempo com a voz-mãe G1Antes de desencavar o ouro negro enterrado nas profundezas melancólicas da canção Lágrimas negras (Jorge Mautner e Nelson Jacobina, 1974) com o toque … Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!